Domingo de clássicos… Eu tava mais afastado, mas não longe deles!

21/02/2011 by

Opa, fim de semana de sol… bom para ver o futebol!!

E como eu estou longe da minha terrinha, fui prestigiar o clássico desse estado maravilhoso e acolhedor (BAHIA).

Logo de início, já da para ver que o negócio aqui é diferente, cada um com seu time e a zueira rola solta entre os dois. Tenho que dizer que o pessoal é original e soltou cada frase engraçada que já valeu a pena.

Já no estádio, festa e mais festa, além de uma ótima impressão. O estádio do Pituaçú está reformadíssimo e em ótimas condições (tirando apenas algumas grades/divisórias).

Os dois times estão em situações inusitadas, o Vitória estava mais bem cotado para o jogo e já havia ganhado de 3 x0 no primeiro confronto contra o Bahia esse ano, mas nada disso tirava o ânimo da torcida “vibrante” que já sabia exatamente como revidar as provocações, visto que após 8 anos fora da elite do futebol, esse ano estão de volta e o rival Vitória “Nego” foi quem pegou o elevador e desceu para a segunda.


O jogo foi daquele jeito, mais pegado do que técnico e no final, festa da torcido do Bahia… ou Melhor…. BAHÊA!

Não me cobrem os nomes do jogo e os grandes destaques em campo, o único que dava para ver e reconhecer de longe era o Antonio Lopez com a sua testa “champion” e no segundo tempo deu para matar a saudade do Boquita… meu Deus! Vamos a algumas fotos tiradas com a bola rolando:

O Paulo “George Clooney” fez questão de me levar no jogo e com certeza retribuirei a gentileza assim que possível lá em Sampa para ver o Todo Poderoso Timão e minha família na arquibancada.

BORA BAHÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊA!!!! E meu boné do Corinthians foi muito bem recebido.

Enquanto isso no Pacaembú:
LAMBARI ASSADO MAIS UMA VEZ e ADEUS AO FENÔMENO!!!

E agora, a despedida tem mais força, afinal os orixás são presença em todos os lugares:
SARAVÁ!!!

Anúncios

Egito é fichinha, aqui é Corinthians!

06/02/2011 by

Nação Corinthiana, a coisa não está preta, muito menos preta e branca… a coisa está egipciana!

Mas espera um pouco, uma coisa é protestar, outra é VANDALIZAR. Claro que todos condenam mas todos esses sabem que no Corinthians amor é ódio convivem lado a lado em perfeita harmonia e duelando ao mesmo tempo pelos seus momentos de fama.

A nação corinthiana é doente, defende até o fim, mesmo sabendo que essa doença e paixão não tem fim, é eterna… pois o Corinthians Paulista está “Eternamente em nossos corações”.

Lembro quando era menor, Corinthians perde no Pacaembú, porém não foi qualquer derrota, pois aquela noite ficou conhecida como a “Noite das garrafadas” (Vale a leitura da sinopse desse vídeo). Outro dia que muitos de vocês devem lembrar foi o jogo contra o River, ou melhor, os jogos. Seja em 2003 ou 2006, mas enfatizando com certeza 2006, pois naquela noite, Tevez começou a dar Adeus para a nação após ver a fúria da Fiel ser barrada no alambrado do Pacaembú pelo ótimo trabalho dos políciais de plantão.

Uma coisa esses dias tem em comum… derrotas! Mas não derrotas simples, derrotas sem lutas, derrotas sem raça, sem vontade de vitórias. E é nesses momentos que algo acontece nas arquibancadas, é nesse momento que o Fiel que ganha um salário mínimo e mesmo assim consegue fazer milagre para pagar as contas e ainda ir até o estádio ver seu time representar sua paixão dentro das 4 linhas. E olha que conheço muitos que deixam de pagar as contas para conseguir ir ao estádio.

Eles só pedem uma coisa em troca: “Vamos jogar com raça e com coração, é o time do povo, é o CORINGÃO!”

Quando isso não acontece, acontece de tudo, menos o que deveria estar acontecendo. Revolta e ódio pelo atleta que até pouco tempo era herói e por sinal merece ser lembrado só por isso, pelos seus grandes feitos, glórias e títulos:

Luta, só existe dentro do ringue, ou como as coisas são bem ecléticas hoje, dentro do Octágono também. Essa madrugada por sinal, houve uma bela luta, de um novo atleta do Corinthians, que fez questão em vestir o manto sagrado após nocautear seu oponente no primeiro round. Parabéns Anderson Silva do Corinthians e parabéns Vitor Belfort do Flamengo por levarem o nome do Brasil ao mundo de uma maneira bonita que merece nossa divulgação:


Maluco, essa bica me fez lembrar do Zohan, da só uma olhada no minuto 1:04s em diante.

Fiel, estamos sempre juntos e sempre na arquibancada, faça chuva ou faça sol!

Anderson Silva, parando de agitar e indo para a luta!

Saravá!

Toliminado, pode zuar!

03/02/2011 by

Corinthianos sofredores do meu coração… Do jeito que está o ano (Não estamos nem em 8º no Paulistão) e como foi o primeiro tempo do jogo, já sabíamos, quando tomamos o gol então e o super experiente jogador de libertadores Ramirez, porém peruano foi expulso imbecilmente… a história decretou… a classificação e o semestre já era!

Pior é que perdemos esse semestre no último jogo do Brasileirão 2010, pegamos o reserva do time rebaixado dessa competição e não ganhamos, isso porque estávamos jogando pelo título.

Não vamos nos iludir e pensar que porque na frente temos o ataque campeão de 2009, que o time pode jogar igual. Naquele time o André Santos marcava e chegava muito bem na frente, sem falar que cruzava onde queria. O meio de campo tinha o Douglas, que fazia lá suas besteiras mas fazia parte de praticamente todos os gols da equipes. O Cristian era o volante “sem palavras, só ação”… estava em todos os lugares e dava a segurança para o Elias subir e aparecer na frente.

Agora, não vou ficar aqui dando aula tática, só tenho alguns recados super educados e merecedores:

IMBECIL QUE CONTRATOU O TITE, VAI SE FUDER! O TÉCNICO NÃO TEM CULPA DE SER RETRANQUEIRO, QUEM CONTRATOU JÁ SABIA DISSO.
Meu Deus do céu, nosso técnico “só” mudou a defesa e o meio campo do time 1 dia antes do jogo, que beleza, o pior é que nosso presidente acha normal, olha como ele estava tranquilão antes do jogo:

LIÉDSON, TENHO PENA DE VOCÊ, MAS SEJA BEM VINDO!

RONALDO, QUE BELO FIM DE CARREIRA “ATORDOADA”

NAÇÃO CORINTHIANA! DOMINGO PEGAMOS O ENTÃO LÍDER PALMEIRAS… BOA NOITE!

Corinthians 1 x 1 Noroeste – Assim não vai não!

24/01/2011 by


Tá difícil Fiel Torcida, Saravá São Jorge, ele vai nos ajudar e VAI CORINTHIANS!

Roberto Carlos que matou a pau no primeiro jogo só fez merda ontem. Dai ponho em pauta a mesma coisa que um cara do meu lado na amarela falou ontem: “Se fosse o Moacir, já estava morto.”

Na primeira rodada ouvi muitas declarações que o Corinthians queria muitos pontos no início do campeonato e que iria para cima dos adversários no Pacaembú para atropelar, mas talvez o clima de feriado prolongado na cidade deve ter pego os jogadores de jeito, pois a grande maioria foi passear no Pacaembú ontem enquanto a torcida tinha esperado a semana toda, “pra te ver Corinthians, pra te ver jogando…”


O Noroeste forte mesmo foi o que bateu na capital no final do dia, alagou tudo, derrubou árvores e etc, o Noroeste que jogou contra o timão pode ter servido de alerta, basta termos humildade e trabalharmos em cima dos nossos erros.

Quarta tem jogo importante e se jogarmos muito melhor do que jogamos ontem, vamos ter problemas para ganhar. Está faltando muita coisa, falta apoio nas laterais, falta um dos volantes jogar mais colado no Bruno César e falta principalmente um pouco mais de vontade por parte de alguns atletas. O ano começou cambada, já está valendo, afinal de contas o salário está lá no fim do mês neh?

De resto, bom feriado. Quarta estaremos lá de novo, apoiando sempre.

“RAÇA TIMÃO, VOCÊ É TRADIÇÃO!!!” 


Mogi Mirim 0 x 2 SÃO PAULO – Bom começo de temporada

17/01/2011 by

Salve nação TRIcolor, começou o Campeonato Paulista 2011, podemos dizer que começamos com o pé direito, ganhamos de 2 a 0 e ainda o melhor goleiro do mundo chegou mais próximo do seu gol numero 100.

Analisando o time, de cara já dava pra sentir falta de um centro-avante, alguma referência na área, nosso time estava com um ataque muito rápido, mas sem ninguem lá na frente, ainda Lucas e Casemiro estão com a seleção sub20, com isso começamos o jogo com R. Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Juan. R. Souto, Cléber Santana, C. Paraíba e Ilsinho. Mazola e Fernandinho.

Foi um pouco estranho ver árbitros atrás do gol, mas isso acabou nos ajudando, pois um deles viu um pênalti claro que foi convertido pelo goleiro artilheiro.

Tínhamos um time rápido, mas sofremos muita pressão do time de Mogi, principalmente no meio de campo, onde estavam Cleber Santana e Rodrigo Souto.

A pressão continuou no segundo tempo, felizmente Miranda e Alex Silva deram conta do recado (sabemos que não poderemos contar com eles até o fim do ano,( eai diretoria quem vem???) quase no final do jogo Marcelinho Paraíba mandou uma bola lançada por Fernandinho para o fundo do gol.

E assim foi o jogo, próximo adversário será o São Bernardo na quarta feira no Morumbi. Espero que o time vá melhorando com o passar do campeonato.

Marcio Rodrigues da Silva

Começa o Ano! FELIZ 2011 Fiel Torcida!

17/01/2011 by

Para aqueles que dizem que o ano só começa depois do carnaval… Vale lembrar que o ano para mais de 30 milhões de maloqueiros e infelicidade das padarias o ano começou hoje.

O jogo foi tranquilo, a Lusa não deu trabalho algum e ficou muitas vezes em impedimento. Enquanto isso, vi o Roberto Carlos jogando 30 minuto de um futebol excelente, nem parecia que o “vovô” estava de férias, pois estava voando em campo e foi condecorado e com um gol olímpico após ele mesmo criar boa jogada pela lateral esquerda. Outro destaque positivo foi o Dentinho que partiu muitas vezes para cima dos padeiros e conseguiu criar bons lances abrindo a zaga adversária.

Do lado da torcida, bom público presente para o primeiro jogo do ano:

E na amarela, coisa nova na parada…

“VAI CORINTHIANS, VAI CORINTHIANS…
LOUCO POR TI CORINTHIANS, LOUCO POR TI CORINTHIANS…
ÉS MINHA VIDA, ÉS MINHA RAZÃO…
SOU MALOQUEIRO, SOU MALOQUEIRO, SOU MALOQUEIRO.
E VAI CORINTHIANS…”

Agora é continuar treinando e aprimorando a forma para essa temporada que promete enormes duelos e desafios.

Saravá!

Boas Festas Arquibancada!!!

23/12/2010 by

Fala cambada sofredora! Mais um ano está indo pro saco (E não do Noel) e os times da capital não conquistaram títulos, com isso tivemos o 100tenada, 96″tenada” e o 75″tenada”. Então nada melhor do que nossa mensagem de boas festas ser dada pelo Rei, já que o primeiro semestre foi todo do Santos!

E QUE 2011 SEJA RECHEADO DE POLÊMICA, BONS LANCES E AQUELE FAMOSO BATE-BOCA SAUDÁVEL!!!

by Equipe Eu vou de Arquibancada

São Paulo, 75 anos de Glórias – Parabéns TRIcolor!!!

16/12/2010 by

DIA TRICOLOR

“Art. 1º Fica instituído o Dia do São Paulo Futebol Clube no Município de São Paulo, ou seja, o Dia Tricolor, a ser comemorado no dia 16 de dezembro de cada ano, em função dessa data ser a da fundação da agremiação.”

Salve nação TRIcolor, hoje dia 16 de Dezembro de 2010 o maior do mundo completa 75 anos, 75 anos de muitas glórias, dessas três cores que já vestiram o mundo três vezes. Desse clube que leva o seu torcedor ao lugar mais alto, o seu lugar de direito. Desse clube que não consegue apagar o seu legado de futebol ofensivo e elegância.

Como eu te amo tricolor, como eu te amo demais,
se um dia tú não existir, eu não quero sorrir nunca mais!!!

 

 

Parabéns TRIcolor!!!

CBF unifica os Títulos Nacionais

16/12/2010 by

Salve Palestrinos!

Pois é… A CBF decidiu unificar os títulos nacionais e presentear os clubes (campeões) com alguns brasileiros a mais no curriculum.

O santos foi o mais beneficiado, pulou de 2 para 8 títulos brasileiros, ja o Palmeiras pulou de 4 para 8, formando assim, junto com o Santos, o maior Campeão Nacional.

Opinião:

Na lógica a CBF fez o correto, mas eu acho isso uma baita bobagem. Nós Palmeirenses ja dávamos o devido valor a Taça Brasil e ao Robertão. Conhecemos bem nossa história. Sabemos que para um clube comemorar um centenário (ou centenada?) é Preciso passar 100 anos…. não viver apenas dos últimos 10 ou 15…. como A MAIORIA FAZ. Mas tudo bem.

O fato é que essa polêmica também serve para tirar o foco da falcatrua ricardiana… jogada de mestre!

De qualquer forma, somos OCTACAMPEÕES BRASILEIROS e isso é indiscutível…. mas, da pra ficar feliz? Eu quero comemorar o brasileiro de 2011, 12, 13… o que ganhamos em 60, 70… bom, deixa para enfeitar a sala de troféus e tirar sarro dos inferiores.

CHUPA!

OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

Rafael Portughesi

Um balanço do futebol nacional na primeira década do Século 21

13/12/2010 by

Por: Juca Kfouri
fonte: http://blogdojuca.uol.com.br/
Postado: 12/12/2010

No Sul, o Grêmio foi ao fundo do poço mas voltou.

Já o Internacional contrariou o Peninha, deixou de ser Intermunicipal e ganhou o mundo.

O futebol de Santa Catarina apareceu, e bem, para o futebol nacional.

O do Paraná também evoluiu, mas só com o Atlético, campeão brasileiro e vice na Libertadores, além da sua arena.

No Sudeste, o São Paulo reinou com os campeonatos brasileiros, Libertadores e Mundial.

O Corinthians, mesmo com um Brasileirão e duas Copas do Brasil deixou uma sensação de fracasso na década (Libertadores e Segundona…).

O Santos ressurgiu e teve uma década de grande felicidade pois, além da volta às vitórias, retornou à suas origens com os seus meninos.

Já o Palmeiras fracassou (nesta década foi o que o Santos havia sido na década dos anos 90), só que as perspectivas não são boas.

No Rio de Janeiro, o Vasco só tem a lamentar, havia encerrado a década passada com uma grande vitória na Libertadores, mas teve uma década perdida.

O Flamengo, apesar da vitória no Brasileirão do ano passado, teve também uma década muito ruim, inclusive com uma perda inesperada na Copa do Brasil.

O Fluminense, se pensarmos na década, também não foi muito bem pois, como o Flamengo, perdeu uma Copa do Brasil inesperadamente.

O Botafogo ainda não ressurgiu para as grandes vitórias e fracassou nos últimos 10 anos, embora tenha se aprumado.

Em Minas, o Cruzeiro saiu da fila do Brasileirão, passou a ser frequentador habitual da Libertadores e mantém franca hegemonia estadual.

Já o Atlético, ao contrário do seu grande rival, acumula grandes fracassos na última década.

O Centro-Oeste continua limitado ao futebol de Goiás e, na prática, mantém-se sem grande evolução.

No Nordeste, o Bahia fracassou e passou praticamente toda a década nas divisões inferiores.

O Vitória, se imperou na região, termina a década da pior maneira possível.

Pernambuco acumula fracassos, mesmo com a vitória do Sport na Copa do Brasil e ainda viu o Santa Cruz praticamente sumir do cenário nacional.

E parece que cedeu o seu lugar no ranking nacional para o futebol de Santa Catarina.

No Ceará há pouco a se festejar, quase nada mudou, só o mesmo o Vozão, que resiste.

No Norte, só há um bom momento a ser registrado com a vitória do Paysandu, na Bombonera, em participação histórica na Libertadores…

O Remo seguiu o caminho do Santa Cruz.

E quanto à nossa Seleção, após a grande vitória na Ásia, duas Copas do Mundo a serem esquecidas.

Na verdade, a década foi do vôlei!