Egito é fichinha, aqui é Corinthians!

by

Nação Corinthiana, a coisa não está preta, muito menos preta e branca… a coisa está egipciana!

Mas espera um pouco, uma coisa é protestar, outra é VANDALIZAR. Claro que todos condenam mas todos esses sabem que no Corinthians amor é ódio convivem lado a lado em perfeita harmonia e duelando ao mesmo tempo pelos seus momentos de fama.

A nação corinthiana é doente, defende até o fim, mesmo sabendo que essa doença e paixão não tem fim, é eterna… pois o Corinthians Paulista está “Eternamente em nossos corações”.

Lembro quando era menor, Corinthians perde no Pacaembú, porém não foi qualquer derrota, pois aquela noite ficou conhecida como a “Noite das garrafadas” (Vale a leitura da sinopse desse vídeo). Outro dia que muitos de vocês devem lembrar foi o jogo contra o River, ou melhor, os jogos. Seja em 2003 ou 2006, mas enfatizando com certeza 2006, pois naquela noite, Tevez começou a dar Adeus para a nação após ver a fúria da Fiel ser barrada no alambrado do Pacaembú pelo ótimo trabalho dos políciais de plantão.

Uma coisa esses dias tem em comum… derrotas! Mas não derrotas simples, derrotas sem lutas, derrotas sem raça, sem vontade de vitórias. E é nesses momentos que algo acontece nas arquibancadas, é nesse momento que o Fiel que ganha um salário mínimo e mesmo assim consegue fazer milagre para pagar as contas e ainda ir até o estádio ver seu time representar sua paixão dentro das 4 linhas. E olha que conheço muitos que deixam de pagar as contas para conseguir ir ao estádio.

Eles só pedem uma coisa em troca: “Vamos jogar com raça e com coração, é o time do povo, é o CORINGÃO!”

Quando isso não acontece, acontece de tudo, menos o que deveria estar acontecendo. Revolta e ódio pelo atleta que até pouco tempo era herói e por sinal merece ser lembrado só por isso, pelos seus grandes feitos, glórias e títulos:

Luta, só existe dentro do ringue, ou como as coisas são bem ecléticas hoje, dentro do Octágono também. Essa madrugada por sinal, houve uma bela luta, de um novo atleta do Corinthians, que fez questão em vestir o manto sagrado após nocautear seu oponente no primeiro round. Parabéns Anderson Silva do Corinthians e parabéns Vitor Belfort do Flamengo por levarem o nome do Brasil ao mundo de uma maneira bonita que merece nossa divulgação:


Maluco, essa bica me fez lembrar do Zohan, da só uma olhada no minuto 1:04s em diante.

Fiel, estamos sempre juntos e sempre na arquibancada, faça chuva ou faça sol!

Anderson Silva, parando de agitar e indo para a luta!

Saravá!

2 Respostas to “Egito é fichinha, aqui é Corinthians!”

  1. Paulinha Says:

    Pois é, ISSO É CORINTHIANS !! Como disse, amor e ódio vivem lado a lado. Me entristeceu por demais ver todo essa violência, realmente nada justifica! Me enfureceu ver NOSSO TIMÃO em campo contra esse tal de Tolima, o que foi aquilo ?! Perder com raça é aceitável, agora perder daquela maneira… me envergonhou.

    Bom, estamos aí, meu amor não mudou, assim como sei que o de nenhum Corintiano nunca irá mudar, ganhamos dos porquinhos (para variar), mas precisamos de MUITO ainda! Só espero que voltem realmente a entender quando entoamos na arquibancada “VAMOS JOGAR COM RAÇA E COM CORAÇÃO, É O TIME DO POVO, É O CORINGÃO” !!

    ISSO É CORINTHIANS!!

    PS: Bem legal o blog de vcs viu, PARABÉNS !!

    Beijosss Paulinha

    • Marcos Macéa Coelho Says:

      Valeu Paulinha!
      Estamos sempre juntos na força pelo nosso alvinegro.
      Faço minhas as suas palavras!

      E VAI CORINTHIANS!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: